A próxima Formação de Psicoterapeutas de Constelações Familiares (Turma III de 2019) inicia-se no dia 5 de outubro de 2019.Ler mais

Supervisão de Psicoterapeutas de Constelações Familiares

A supervisão do exercício da psicoterapia é, geralmente, parte integrante de todos os programas de formação em saúde mental, sejam eles em psiquiatria, psicologia clínica, aconselhamento ou em enfermagem psiquiátrica. Por conseguinte, no ICI, disponibilizamos também supervisão para psicoterapeutas de Constelações Familiares.

Acresce que, em alguns estudos, a supervisão de psicoterapeutas tem sido considerada como um elemento-chave para a eficiência dos psicoterapeutas com pouca experiência clínica.

Assim, a supervisão de psicoterapeutas de Constelações Familiares (entre outras, e.g., empresariais) visa contribuir para prestações de serviços mais eficientes, bem como para a crescente legitimação desta psicoterapia como ciência social e humana.

Mas, o que é a supervisão?

Trata-se de um encontro (presencial ou pela Internet) onde um supervisor (i.e., um psicoterapeuta experiente) apoia o supervisado através de feedback orientado para a eficiência do seu trabalho, do ensino de intervenções específicas para cada caso e no estabelecimento de planos de intervenção.

Por outro lado, a supervisão visa contribuir para legitimar a psicoterapia (e.g., avaliando a qualidade dos serviços prestados), apoiar o supervisado na sua psicoevolução (e.g., no seu processamento psicoemocional) e facultar-lhe meios que contribuam para ampliar as suas competências humanas e técnicas, bem como a sua identidade como psicoterapeuta.

A supervisão de psicoterapeutas de Constelações Familiares

Após a conclusão de cada formação de Constelações Familiares (efetuada no ICI, a partir de 2019 inclusive) e até três (3) meses após o último dia do curso, cada formando tem direito a três (3) sessões (gratuitas) de supervisão, com a duração de uma hora por cada sessão.

Porém, perante a necessidade de se continuar a receber supervisão, sobre os vários casos que cada psicoterapeuta vai acompanhando, o ICI presta este serviço a psicoterapeutas formados no ICI, bem como a outros técnicos formados noutros locais (nacionais e/ou estrangeiros).

Condições

Duração

60 minutos (01h00):

100 minutos (01h40):

Psicoterapeutas formados no ICI

30 €

45 €

Outros psicoterapeutas de Constelações

60 €

90 €

Máximo de casos a apresentar em cada sessão: sem um limite específico. Mas, como será óbvio, quanto maior for o número de casos, menor será a atenção a dar a cada um deles.

Contextos: as condições são válidas para ambos os settings, isto é, para sessões presenciais (no ICI) e/ou à distância (e.g., via Skype).

Comunicação à distância: o tempo de duração, deste serviço através da Internet (e.g., via Skype), inicia-se na hora agendada. Logo, a pessoa a ser supervisionada deve-se assegurar de que o seu equipamento se encontra 100% funcional (no que concerne ao som e à imagem).

Requisito: a prestação deste serviço a psicoterapeutas não formados no ICI, requer a apresentação prévia do certificado respetivo.

Outras taxas: todos os valores incluem IVA à taxa legal em vigor.

Artigos científicos de Sandra Ramos e Jorge A. Ramos sobre Constelações Familiares

Process of Change and Effectiveness of Family Constellations: A Mixed Methods Single Case Study on Depression


 

Artigos científicos de outros autores sobre Constelações Familiares

Cohen, D. B. (2006). “Family constellations”: An innovative systemic phenomenological group process from Germany. The Family Journal, 14(3), 226-233. doi:10.1177/1066480706287279

Cohen D. B. (2009). Guilt, Responsibility, and Forgiveness: Lessons from Lifers in Prison. In Forgiveness and Reconciliation. Peace Psychology Book Series, pp. 137-151. New York, NY. Springer.

Duncan, W. L. (2017). Dinámicas Ocultas: Culture and Psy‐Sociality in Mexican Family Constellations Therapy. Ethos, 45(4), 489-513.

Fidyk, A. L. (2016). Unconscious ties that bind – attending to complexes in the classroom: part 1. International Journal of Jungian Studies, 8(3), 181-194. doi:10.1080/19409052.2016.1195425

Fidyk, A. L. (2016). Unconscious ties that bind – attending to complexes in the classroom: part 2. International Journal of Jungian Studies, 8(3), 195-210. doi:10.1080/19409052.2016.1195426

Geils, C., & Edwards, S. D. (2018). Extended family constellations workshop efficacy on intuition measure and experience. Journal of Psychology in Africa, 28(3), 224-228, doi: 10.1080/14330237.2018.1475527

Hunger, C., Bornhäuser, A., Link, L., Schweitzer, J., & Weinhold, J. (2014). Improving experience in personal social systems through family constellation seminars: Results of a randomized controlled trial. Family Process, 5(2), 288-306. doi:10.1111/famp.12051

Hunger, C., Weinhold, J., Bornhäuser, A., Link, L., & Schweitzer, J. (2014). Mid‐and Long‐Term Effects of Family Constellation Seminars in a General Population Sample: 8‐and 12‐Month Follow‐Up. Family Process, 54(2), 344-358. doi:10.1111/famp.12102

Mayer, C. H., & Viviers, R. (2015). Exploring cultural issues for constellation work in South Africa. Australian and New Zealand Journal of Family Therapy, 36(2), 289-306. doi:10.1002/anzf.1103

Mayer, C. H., & Viviers, A. (2016). Constellation work principles, resonance phenomena, and shamanism in South Africa. South African Journal of Psychology, 46(1), 130-145. doi:10.1177/0081246315591339

Pritzker, S. E., & Duncan, W. L. (2019). Technologies of the Social: Family Constellation Therapy and the Remodeling of Relational Selfhood in China and Mexico. Culture, Medicine, and Psychiatry, 43(3), pp 468–495. doi:10.1007/s11013-019-09632-x

Stiefel, I., Harris, P., & Zollmann, A. W. (2002). Family Constellation—A Therapy Beyond Words. Australian and New Zealand Journal of Family Therapy, 23(1), 38-44. doi:10.1002/j.1467-8438.2002.tb00484.x

Weinhold, J., Hunger, C., Bornhäuser, A., Link, L., Rochon, J., Wild, B., & Schweitzer, J. (2013). Family constellation seminars improve psychological functioning in a general population sample: Results of a randomized controlled trial. Journal of Counseling Psychology, 60(4), 1-9. doi:10.1037/a0033539

Supervisor

Envolva-se nas atividades do ICI

Ficar em casa a fazer cliques nas redes sociais ou a ver televisão? Você merece mais do que isso. É importante socializar, alargar a rede social, conhecer pessoas novas, diferentes, interessantes! Entre neste fluxo...

Translate »
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
LinkedIn